Minimalista ou Maximalista? Descubra quem é você na decoração

 em Decoração, Estilo de Vida

Na hora de escolher uma decoração para sua casa você pode adotar um estilo minimalista ou maximalista, mas a grande diferença entre os dois? A personalidade de quem vai decorar!

Cada um define seu ambiente e imprime um pouco de si em nos detalhes, assim, é bem fácil identificar particularidades sobre a pessoa pelo modo no qual se organiza.

 

Minimalista

As pessoas que optam pelo estilo minimalista podem aparentar serem mais organizadas e metódicas, o que nem sempre é verdade, porém normalmente prezam por valorizar o espaço. Por isso, é uma ótima opção para quem mora em lugares pequenos. Com ambientes mais claros que dão uma maior sensação de serenidade e calma.

Algumas das características de quem prefere uma decoração minimalista são:

Móveis com desenhos simples, retilíneos e serenos, geralmente com portas que escondem os objetos. Cores neutras, paredes limpas e sem estampas ou papeis de parede.

A opção por espaços livres, seja com menos móveis, objetos de decoração e sem tapetes e cortinas, onde as persianas tomam lugar. Os móveis também conversam com as texturas e acabamentos em mármore ou madeira.

Evitar objetos que se destaquem muito em meio ao restante da decoração, com foco em um item exclusivo, apenas.

A iluminação é um elemento fundamental, pois deve ser um ambiente claro e com lâmpadas frias, principalmente para não destoar do resto.

A principal característica, porém, é a simplicidade e a calma que o ambiente passa.

 

Maximalista

Alguém ter estilo maximalista não significa que essa pessoa é bagunçada ou desorganizada, mas sim que ela acredita que da união de estilos, decorações e cores pode surgir algo novo, com um conceito próprio e único. O conforto também ganha uma atenção especial nesse estilo de decoração.

Algumas das características de quem prefere um estilo maximalista são:

Utilização de móveis antigos em conjunto com modernos, cheios de curvas e texturas, que não necessariamente são espalhafatosos, mas que impõem um estilo. Quanto mais ocupado o espaço estiver melhor.

Cores vibrantes com estampas mescladas a imagens, quadros e papeis de parede. A sobreposição é a palavra-chave, seja com objetos que compõem os espaços ou a incidência de luz que faz as cores ficarem mais vivas.

Itens de decoração, livros, plantas, quadros e esculturas são exibidos e se mesclam com o ambiente.

Se com os minimalistas os tapetes e cortinas não tem espaço, com os maximalistas esses itens são mais que garantidos. Cortinas com estampas e tapeçarias com desenhos e cores fortes são os mais adaptáveis.

 

Qual deles combina mais com você?

 

Postagens Recomendadas

Digite o que procura e pressione Enter para pesquisar