Dicas de como fazer fotos e vídeos melhores com smartphones

 em Entretenimento, Tecnologia

As câmeras dos smartphones atuais melhoraram tanto nos últimos anos, que já faz um bom tempo que o seu uso deixou de ser exclusivamente um hobby, se tornando profissional também.

Para se ter uma ideia, a fotógrafa brasileira Luisa Dörr produziu diversas capas para a revista Times utilizando um smartphone lançado em 2014. Ela fotografou celebridades como Hillary Clinton, Oprah Winfrey e Aretha Franklin. Seguem abaixo algumas das capas produzidas.

Assim como ter uma caneta e um papel não nos torna escritores, ter uma câmera não nos torna fotógrafos, mas nós vamos dar algumas dicas de como você pode melhorar as suas fotos.

1. Resolução

Utilize sempre a melhor resolução disponível.

A qualidade é determinada pelo número de pixels, por isso, quanto mais, melhor. A maior parte dos celulares possuem opções variadas de resolução. Alguns deles vêm de fábrica com uma resolução baixa como padrão. O ideal é sempre usar a melhor possível, pois muitas vezes precisamos fazer um reenquadramento na foto, o que diminui a sua resolução original.

Dica: se você tem problema com espaço de armazenamento no seu smartphone, utilize o aplicativo Google Photos. Ele faz backup automático sempre que estiver no Wi-Fi e permite salvar gratuitamente fotos ilimitadas com resolução de até 16mpx.

2. Recursos da câmera

Explore todos os recursos disponíveis do seu celular.

Utilizar o modo automático de foto é uma grande comodidade, mas nem sempre é a melhor opção quando se pretende atingir a melhor qualidade possível da câmera.

Os smartphones possuem diversos presets, como fotografia noturna, macro, retrato, paisagem, entre outros, que irão lhe oferecer a melhor configuração possível. Além disso, muitos oferecem controles manuais como a escolha de ISO, velocidade, abertura, ajuste de foco e balanço de brancos, dando a possibilidade de fazer uma foto totalmente personalizada.

3. Foco

Atenção no foco.

O foco automático geralmente usa o reconhecimento facial para determinar onde terá mais nitidez na foto. Isso funciona muito bem quando fotografamos pessoas, mas, caso tenha interesse em focar em outro elemento da composição, ou quando deseja fotografar um produto, usar o foco manual é imprescindível.

4. Iluminação

A palavra fotografia vem do grego “phosgraphein”, que significa “escrever com luz”, e luz com certeza é um dos tópicos mais importantes da fotografia. A iluminação direciona o olhar, determina a qualidade da foto e dá a atmosfera da fotografia.

Caso esteja ao ar livre e queira produzir fotos com uma luz homogênea, com sombras suaves, o ideal seria fotografar em dias nublados ou esperar uma nuvem entrar na frente do sol para deixar a luz difusa. Você também pode se posicionar contra o sol e usar rebatedores para iluminar o assunto principal, essa é uma das técnicas usadas por fotógrafos quando eles não querem usar luz artificial, como flash ou led.

Se sua intenção é destacar texturas ou ressaltar o volume e formato, o ideal é usar a luz dura direta. Essa luz você consegue nos dias de céu limpo, com os raios de sol incidindo diretamente no assunto fotografado.

Aproveite também a chamada “hora de ouro” na fotografia. Ela acontece um pouco antes do pôr do sol ou depois do nascer do sol, é o crepúsculo, quando não há luz solar direta pois ele está abaixo do horizonte. É um período bem curto de tempo, mas vale a pena ter paciência para aguardá-lo.

5. Modo HDR

Para ambientes de muito contraste de luz.

Fotografia HDR é um recurso no qual existe uma mesclagem de duas ou mais fotos com exposições diferentes de luz do mesmo cenário, de modo a atingir o máximo de definição nas áreas de sombra e alta luz.

Mas fique atento, esse recurso normalmente cai bem para fotografia de paisagens. Para fotografia de pessoas, o modo HDR pode deixar a foto com um aspecto artificial.

6. Flash

Use o flash da câmera em último caso.

A luz do flash pode salvar a pátria quando o ambiente é muito escuro, mas em outros casos, ela normalmente atrapalha.

Por se tratar de uma luz muito frontal, ela produz imagens sem muito volume, chapadas, olhos vermelhos e complica para o balanço de branco, pois normalmente existe uma mesclagem de temperaturas de cor de outras fontes de luz.

Procure o melhor foco de luz disponível no local. Dê preferência a locais bem iluminados, mas preste atenção no comportamento das sombras para não atrapalharem.

7. Enquadramento / Composição

Enquadramento é tudo na fotografia.

Por meio dele podemos deixar a foto mais harmoniosa e destacar seus elementos. Muitos celulares exibem uma grade de linhas na tela (composto normalmente por duas linhas horizontais e duas verticais) que podem auxiliar na composição.

Estas linhas, além de ajudar a fazer uma foto nivelada com o horizonte, auxiliam onde deixar o ponto áureo da foto, que seria próximo aos vértices, o encontro das linhas horizontais e verticais.

Para fotografia de paisagem, os fotógrafos usam bastante a regra dos terços, que consiste em deixar ⅔ para cima do horizonte e ⅓ para baixo.

8. Cenário 

Fique atento a tudo que está aparecendo na foto. O cenário de fundo pode parecer apenas um coadjuvante, mas, às vezes, ele pode se tornar protagonista dependendo do que estiver aparecendo.

9. Zoom

Evite o uso do zoom.

A maioria dos smartphones não possuem zoom óptico, eles oferecem zoom digital, que seria uma espécie de gambiarra digital, esticando a foto e assim diminuindo a qualidade dela. Aproxime-se do assunto a ser fotografado de modo a preencher toda a tela com a imagem que se deseja.

10. Lente

Cuide de lente.

Se o vidro da câmera estiver com marca de dedo, riscado ou sujo, irá comprometer muito a qualidade da foto, além de produzir efeitos indesejáveis na imagem. Preserve com cuidado o vidro da lente e, sempre que for fotografar, verifique se ela está limpa.

11. Clique mais

Tire várias fotos de uma vez.

Às vezes é imperceptível, mas é muito comum tremermos um pouco na hora de clicar. Isso pode deixar a foto borrada ou tremida e comprometer a nitidez. Para cada click, faça pelo menos outros 3.

Após definir o primeiro click, explore outros ângulos, posições e distâncias diferentes. O importante é que depois você tenha outras opções para escolher.

12. Use as duas mãos

Usar as duas mãos para fazer a foto te ajuda a fazer um enquadramento mais preciso e ter mais firmeza na hora do clique.

13. Use acessórios

Atualmente, é possível encontrar diversos tipos de acessórios diferentes para tirar fotos com o celular, como tripés para fazer fotos em longa exposição, lentes, iluminadores e até flashes auxiliares acionados por bluetooth.

14. Edição

Embora seja o último tópico listado, é importante conhecer ao máximo os recursos disponíveis da edição para saber como você consegue alterar ou melhorar a sua foto.

A edição de foto é a cereja do bolo para deixar a imagem mais interessante. Você pode aplicar um filtro diferente, mudar a temperatura da foto, desfocar um objeto, ajustar o contraste, brilho, balanço de branco, entre outros recursos.

Mas cuidado para não exagerar nos efeitos e deixar a foto com um aspecto muito artificial. Segue uma lista com os melhores aplicativos de edição, na minha opinião: Snapseed, Lightroom e VSCO. Todos estão disponíveis para os sistemas iOS e Android.

 

Gostou das dicas? Aproveite tudo o que a câmera do seu celular tem para oferecer e tire lindas fotos!

 

Texto por: Bruno Debiasi Sousa

Instagram: @debiasi_fotografia

Postagens Recomendadas

Digite o que procura e pressione Enter para pesquisar