Cinta modeladora: quando e como usar?

 em Feminina, Moda

As cintas modeladoras estão cada vez mais em alta. Muitas famosas utilizam o acessório para ficarem com aquela cinturinha fina que as mulheres amam, e a moda está pegando. Além disso, são muito úteis ao colocar aquele vestido colado, ou qualquer roupa que marque um pouco mais.

Herança dos antigos, as cintas possuem a função que o espartilho trazia, a de modelar o corpo. Hoje, a maioria é produzida a partir de tecidos elásticos e velcros ou colchetes, ajudando a manter um certo conforto para quem a utilizar. O processo é simples: colocar ao redor do tronco para dar uma pequena pressão, é preciso que ela esteja firme, mas não apertada demais

Existem vários modelos para atender a todos os gostos. Alguns modelam, também, as coxas ou os seios.

 

Saiba alguns benefícios a utilização da cinta modeladora:

– Ajuda a melhorar a postura. Pela tensão que proporciona no abdômen, a cinta te obriga a manter a postura ereta.

– Dores nas costas podem ser atenuadas, também pela tensão promovida pelo acessório.

– A redução da cintura, o almejado pela maioria das pessoas que utiliza a cinta.

– Podem ser utilizadas na recuperação de cirurgias abdominais. Auxiliam na redução de dores e inchaços promovidos pelos procedimentos cirúrgicos, assim como incentivam a circulação do sangue. Claro que, nesse caso, é necessário a orientação de um médico.

 

Como escolher?

É preciso escolher um tamanho adequado para o seu físico. Não adianta comprar uma cinta no tamanho maior, pois não vai surtir o efeito esperado, também não é indicado comprar de tamanhos menores pois, além do desconforto, pode ser prejudicial ao funcionamento do corpo. Certifique-se do tamanho certo, escolha um tecido confortável e teste bem (embaixo da roupa, claro).

 

Agora, xô vergonha das dobrinhas!

Postagens Recomendadas

Digite o que procura e pressione Enter para pesquisar