quanto tempo devo deixar meu filho na internet

Quanto tempo devo deixar meu filho na internet?

03/03/2019 por PolloShop

O acesso à internet é cada vez maior em todos os lugares, e isso acaba refletindo também nas crianças. Elas nos veem conectados, seja no celular, tablet ou notebook e também se interessam.

Atualmente, é comum que as crianças também tenham contato com todo tipo de tecnologia. Mas então surge a dúvida: quanto tempo devo deixar meu filho na internet? Saiba mais sobre isso no post de hoje!

Por que controlar o acesso?

A internet pode ser uma grande aliada no desenvolvimento do seu filho. Porém, é preciso que o acesso seja delimitado a certo período de tempo.

Isso porque o efeito pode acabar sendo contrário se não houver um controle. Todos os pais devem entender que o mundo virtual oferece riscos assim como o mundo real. E esses riscos podem acabar afetando os pequenos.

Por ainda não possuírem capacidade para julgar todas as informações dispostas na internet, crianças são um alvo fácil de perfis ou informações falsas e acabam passando dados pessoais para estranhos, por exemplo.

Além disso, a internet interfere no crescimento e socialização da criança em ambientes reais: o desejo dela para brincar nas ruas e fazer amizades pessoais acaba se dispersando na tela.

quanto tempo devo deixar meu filho na internet
Fonte: Medium

Cada faixa etária exige um período diferente

Segundo a Academia de Pediatria (AAP), o acesso à internet varia de acordo com a idade dos seus filhos. Para crianças a partir de 2 até os 5 anos, o ideal é de no máximo 1 hora por dia.

Já os maiores de 6 anos podem ficar um período de tempo menos restrito. Ainda assim, as atividades físicas, o tempo de estudo, a alimentação e o descanso precisam ser prioridade. Nenhum deles pode ser negligenciado por causa do acesso.

Acompanhamento de perto

É preciso que todo acesso da criança à internet seja supervisionado por um responsável maior. Afinal, existem pessoas mal-intencionadas que preparam armadilhas justamente para capturar a atenção das crianças.

Acompanhamos na mídia diversos casos de jogos maliciosos que tinham crianças como alvo, por exemplo.

Os casos foram tão sérios que alguns chegaram a ser fatais. Por isso, quando seu filho estiver acessando a  internet, o ideal é que você esteja por perto, bem atento.

Fonte: Peakpx

Ative o filtro de controle de pais

Na internet é possível ativar o controle de pais, um filtro para restringir páginas inapropriadas para a faixa etária das crianças. Se não souber como fazer, procure um técnico que faça.

Mas lembre-se: mesmo que essa seja uma medida de segurança válida, não dispensa o seu acompanhamento. Portanto, mesmo com o filtro ativado, esteja por perto quando seu filho acessar a internet.

Procure incentivar acesso a sites educativos e conteúdos próprios

O acesso à internet precisa ser, além de seguro, saudável também. Afinal, essa ferramenta veio para nos ajudar a aprender mais, e com isso ampliar nosso conhecimento.

Justamente por isso, uma ótima ideia é usá-la a favor do desenvolvimento de seu filho. Existem diversos sites com atividades educativas, basta procurar e salvar nos favoritos. Assim as páginas ficam mais fáceis de acessar.

Muita atenção às redes sociais

Quando se fala em internet, não tem como não pensar em redes sociais, e nelas moram outros perigos. O ideal seria que crianças não utilizassem as redes socais, porque estas não são desenvolvidas para o universo infantil. Mas, no caso dos adolescentes, fica difícil restringir totalmente.

Se o seu filho tem conta em alguma rede social, acompanhe de perto suas atividades e postagens.

Observe se conhece todos os amigos, e, caso haja algum desconhecido, pergunte onde se conheceram. Sempre oriente seu filho a não aceitar estranhos e a como identificar conversas suspeitas.

Além disso, alerte-o sobre os perigos de marcar encontros com pessoas desconhecidas e reforce que jamais ele deve passar o endereço de casa.

Sempre mantenha um diálogo aberto e honesto com seu filho. Assim ele consegue compreender melhor os motivos da restrição de tempo e dos cuidados no acesso à internet.

Afinal, o ambiente virtual não é totalmente seguro nem mesmo para os adultos, quanto mais para as crianças.

É importante conscientizar-nos sobre como a internet é um espaço amplo e com os mais variados conteúdos, sendo de extrema importância fazer um uso saudável desse recurso.

Incentive o seu filho a procurar por conteúdos educativos e enriquecedores para si. Dessa forma, o espaço virtual será muito mais rico para ele e para você!

Quanto tempo devo deixar meu filho na internet?
Rate this post
Artigos Relacionados

Estilo de Vida

Como escolher um presente para encher o coração da mãe de amor

12/05/2019 por PolloShop

Estilo de Vida

Dia do Trabalhador: dicas para aproveitar seu dia de descanso

01/05/2019 por PolloShop

Estilo de Vida

Brincadeiras para o Dia da Páscoa

21/04/2019 por PolloShop


Siga-nos no Instagram
@polloshop